Darcy Ribeiro

O antropólogo Darcy Ribeiro foi o responsável pelo projeto cultural do Memorial da América Latina

Etnólogo, antropólogo, educador, ensaísta e romancista, nasceu em Montes Claros (MG), em 1922, e morreu em Brasília (DF) em 1997, aos 74 anos. Foi membro da Academia Brasileira de Letras (ABL) e senador. Formou-se em Ciências Sociais pela Escola de Sociologia e Política de São Paulo (1946), com especialização em Antropologia. Criou o Museu do Índio (1953), a obra que dizia mais amar, e elaborou o projeto para o Parque Indígena do Xingu.

Fundador da Universidade de Brasília (UNB), foi seu primeiro reitor. Foi ministro da Educação do Governo Jânio Quadros (1961) e chefe da Casa Civil do Governo João Goulart. Cassado pelo regime militar, foi exilado e viveu em diversos países da América Latina.

Nesse período, foi professor de antropologia da Universidade Oriental do Uruguai e assessor dos presidentes Salvador Allende, do Chile, e Velasco Alvarado, do Peru.

Em 1976 voltou ao Brasil e, como vice-governador do Rio de janeiro entre 1983 e 1987, implantou escolas de ensino básico em tempo integral, conhecidas como CIEP´s (Centros Integrados de Educação Pública). Eleito senador em 1990, foi um dos principais responsáveis pela elaboração de Lei de Diretrizes e Bases da Educação, promulgada em 1996.

Escreveu livros de antropologia, educação, romances e ensaios. É autor de O Povo Brasileiro, obra que retrata a formação étnica e cultural do Brasil, As Américas e a Civilização e América Latina: a pátria grande – livro que percorre a história dos povos latino-americanos e busca compreender como populações tão avançadas do ponto de vista sociocultural ocupam posição secundária no plano internacional. Condecorado com o título de Doutor Honoris Causa das Universidades de Sorbonne, Copenhague, Uruguai, Venezuela e da Universidade de Brasília, foi responsável pelo projeto cultural do Memorial da América Latina, como a construção dos acervos da Biblioteca Latino-Americana e do Pavilhão da Criatividade e a idealização do Centro Brasileiro de Estudos da América Latina (Cbeal).

Veja também